sábado, 8 de novembro de 2008

Para "Alma Gótica"
Teu nome mais secreto
Adriana Calcanhotto / Waly Salomão

"Só eu sei teu nome mais secreto
Só eu penetro em tua noite escura
Cavo e extraio estrelas nuas
De tuas constelações cruas

Abre-te Sésamo! - brado ladrão de Bagdá

Só meu sangue sabe tua seiva e senha
E irriga as margens cegas
De tuas elétricas ribeiras,
Sendas de tuas grutas ignotas

Não sei, não sei mais nada.
Só sei que canto de sede dos teus lábios
Não sei, não sei mais nada..."

3 comentários:

Pitango disse...

Ahh, essa música! linda! =)

Bjo bjo
Gus
http://www.lenfantdeboheme.blogspot.com/

Anônimo disse...

Franz Kafka...gostei dessa frase:
Só eu penetro em tua noite escura, realmente essa parte + misteriosa das pessoas, nos ajuda á compreender elas.
Até +

Anne Elise disse...

Oi, Fábio, querido!!!

Saudade de vc!!!

Pois, é...esta "noite escura" é deveras atraente...

Beijos...