domingo, 30 de novembro de 2008

Grávida
(Marina Lima/Arnaldo Antunes)
Na voz de "Simone e Zélia Duncan"
(Cd e DVD "Amigo é Casa")

"Eu tô grávida
Grávida de um beija-flor
Grávida de terra
De um liquidificador
E vou parir
Um terremoto, uma bomba, uma cor
Uma locomotiva a vapor
Um corredor

Eu tô grávida
Esperando um avião
Cada vez mais grávida
Estou grávida de chão
E vou parir
Sobre a cidade
Quando a noite contrair
E quando o sol dilatar
Dar à luz

Eu tô grávida
De uma nota musical
De um automóvel
De uma árvore de Natal
E vou parir
Uma montanha, um cordão umbilical, um anticoncepcional
Um cartão postal

Eu tô grávida
Esperando um furacão,
Um fio de cabelo,
Uma bolha de sabão
E vou parir
Sobre a cidade
Quando a noite contrair
E quando o sol dilatar
Vou dar a luz..."

2 comentários:

Anônimo disse...

Franz Kafka...ñ sei se a homenagem aqui condiz com o texto do post + acredito que sim, por um motivo:

1. O Antropólogo, Claude Lévi Strauss, completou dia 28 desse mês passado,seus 100 anos de vida, e como o tema aqui da letra trata do nascimento da vida, fica á pergunta: quem hj chega á essa idade de forma bem vivida?

Até +

Anne Elise disse...

Boa pergunta...