terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

"Ser teu pão, ser tua comida
Todo amor que houver nessa vida
E algum veneno antimonotonia..."

Trecho de "Todo o Amor que Houver Nesta Vida"
Cazuza

Um comentário:

Pitango disse...

Algum veneno antimonotonia...devíamos ter sempre! hehe
Bjo, Anne!!

Gus

http://lenfantdeboheme.blogspot.com/